TEOLOGIA EM FOCO

sexta-feira, 14 de junho de 2013

SALVAÇÃO BÍBLICA, UMA QUESTÃO DE ORDEM ENTRE OS DOIS MONTES: O SINAI VEM ANTES DO CALVÁRIO!


É maravilhoso notar como a Lei vem antes da Graça, e nunca o contrário, na verdadeira salvação Bíblica.

A Lei é (e sempre foi) Aio e não Mestre!

Paulo explica isso quando escreve aos irmãos na Galácia visando corrigi-los do erro dos judaizantes (que impunham a guarda da Lei aos gentios como único meio de salvação, já no primeiro século).

O Sinai vem antes do Calvário!

Moisés vem antes de CRISTO!

A DISPENSAÇÃO da Lei, antes da DISPENSAÇÂO da Igreja (local e também gentílica, a salvação sempre ocorreu pela Graça)!

O Senhor Jesus Cristo não aponta para a Lei, como algumas seitas gostam de representar em seus cartazes e quadros.

É o contrário, demos glória a DEUS!

É a Lei é que aponta para CRISTO!

Antes do Monte da Caveira e de contemplar a Cruz do Salvador, Seu sangue derramado, Sua oferta de Misericórdia, Graça e Perdão, o pecador deve passar pelo Monte Sinai e contemplar a sua incapacidade total de atender ao padrão de perfeição de DEUS,  reconhecer sua total depravação, reconhecer sua morte espiritual.

Assim como não existem atalhos, fazer o caminho inverso não poderá levar o pecador à verdadeira salvação Bíblica e Cristocêntrica.

Se o pecador seguir o sentido inverso, Calvário depois Sinai, ele desprezará a Cruz e será levado ao erro fatal de arrogantemente acreditar que pode atender as exigências divinas, ganhando assim sua própria salvação ou completando a redenção de CRISTO por suas obras, por ser obediente à Lei.

É interessante que é tão simples que o pecador perdido não pode aceitar a salvação pela Graça de DEUS sem que haja intervenção do Espírito Santo de DEUS.

A não ser que o Espírito Santo o regenere, o pecador perdido não compreenderá tão maravilhosa verdade. Abrindo seus olhos para a verdade eterna de CRISTO, o Espírito Santo realiza o milagre que um morto necessita: Nascer de Novo!

Atentando para o SALVADOR, que cumpriu as exigências de DEUS e, por isso, pode justificá-lo diante de DEUS e assim, o pecador arrependido possa viver para servir a este DEUS de misericórdia e graça, pelos séculos dos séculos, o pecador perdido cai de joelhos e rende-se a CRISTO como Seu Único e Suficiente Salvador.

Ah, “Maravilhosa graça, maior que o meu pecar”...assim diz o hino!

Que DEUS nos dê mercê em nossas vidas para que preguemos e vivamos este Evangelho Eterno da Salvação em CRISTO. 
Glória, Honra e Louvor a DEUS que nos concedeu a salvação em CRISTO JESUS, nosso SENHOR!  Amém!

“Por isso nenhuma carne será justificada diante dele pelas obras da lei, porque pela lei, vem o conhecimento do pecado.” – Rm 3.20 (ACF).

"De maneira que a Lei nos serviu de aio, para nos conduzir a CRISTO, para que pela fé fôssemos justificados" - Gálatas 3.24 (ACF).

“Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós, é dom de DEUS. Não vem das obras, para que ninguém se glorie” – Efésios 2.8-9 (ACF).

“Não pelas obras de justiça que houvéssemos feito, mas segundo a sua misericórdia, nos salvou pela lavagem da regeneração e da renovação do espírito Santo, Que abundantemente ele derramou sobre nós por Jesus Cristo nosso salvador, Para que, sendo justificados pela sua graça, sejamos feitos herdeiros segundo a esperança da vida eterna” (TITO 3.5-7).

Pr Miguel Ângelo L Maciel