TEOLOGIA EM FOCO

quinta-feira, 14 de maio de 2009

A IMPORTANTE MISSÃO DE SER O SAL DA TERRA


Mateus 5.13 Jesus diz: “Vós sois o sal da terra. Mas se o sal for insípido, com que se há de salgar?”.

Prosseguindo o famoso sermão da montanha logo após falar sobre as bem-aventuranças, Jesus fala sobre a grande responsabilidade de seus seguidores na terra: Ser sal. Segundo o dicionário bíblico universal o sal tem duas finalidades que são: dar sabor, e preservar os alimentos. Vamos analisar estas duas qualidades do as, a luz da Bíblia Sagrada.

- Primeiro: Dar sabor.
Ao longo de toda a história bíblica homens e mulheres, jovens e crianças tem desenvolvido fielmente o ministério de ser sal da terra, pois tem se dedicado inteiramente nas mãos de Deus. E através destas pessoas Deus tem mostrado ao mundo que servos Seus podem levantar a moral decadente dos povos, e dar gosto ou sabor à vida. Quando lemos em Gênesis 5.2b vemos que Enoque andou com Deus não num céu de glórias longe de toda a corrupção do mundo de então. Enoque andava com Deus quando a terra já estava tão sem moral quanto agora.

Mesmo assim o viver santo de Enoque servia para dar sabor a vida, e pelo seu exemplo fiel influenciar outros a viverem também em santidade e andarem com Deus. Seguirem seus passos como Noé (Gn 6.8), como Abraão (Gn 12.1-3) e muitos outros. Todo o cristão pode, e Deus espera contar com todos nós para mostrar ao mundo que é possível dar gosto a esta vida mesmo estando num ambiente contaminado pelo pecado.

A nossa vida deve ser alegre, sem malícia, cheia de amor e justiça, e todas estas virtudes devem servir de influencia as pessoas com quem convivemos. Nossa missão de ser sal da terra não pode falhar.

- A segunda qualidade do sal: Preservar.
O sal preserva da corrupção, e serve para representar o bom caráter e as boas palavras (Cl 4.6). Podemos citar o belo exemplo de Jetro, sogro de Moisés. Ele soube entender a chamada de Deus para seu genro, dando proteção à sua família e seus netos. Soube aconselhar seu genro na ocasião certa para evitar problemas futuros. Ao contrário do mundo em que vivemos, pois é pai matando filho, filho matando pai, irmãos contra irmão etc.

Jetro através de sua compreensão, equilíbrio e sabedoria preservou a família e o ministério de Moisés.
Prezado leitor, quando Jesus disse que nós somos o sal da Terra, estava nos provando que temos todas as condições necessárias para dar gosto e sabor a esta vida, e preservar os bons costumes morais sociais e religiosos principalmente no ambiente em que vivemos.

Podemos prepara a melhor comida e colocarmos os melhores temperos, mas se não colocarmos o sal ficara sem sabor. Suponhamos que uma pessoa aproxime-se de uma mesa que esta servida com vários alimentos. Diante de seus olhos estão apetitosos pratos, mas quando leva a coca a primeira porção sente que não há sabor. Certamente ela dirá: sem sal não vai.

O mundo em que vivemos está estragado pela falta do sal, e só podemos melhor se fizermos uma mudança de pensamento e atentarmos para o ensino da Palavra de Deus a Bíblia Sagrada. Assim podemos crer em um mundo melhor sem corrupção, sem imoralidade e sem crime. Se tornarmos o sal da terra podemos então melhorar as condições de nossas famílias, sociedades e nação.

Pr. Elias Ribas