TEOLOGIA EM FOCO

terça-feira, 28 de janeiro de 2014

É CLARO QUE PODEMOS SER DIFERENTES



 “Levanta-te, resplandece, porque já vem a tua luz, e a glória do SENHOR vai nascendo sobre ti. Porque eis que as trevas cobriram a terra, e a escuridão, os povos; mas sobre ti o SENHOR virá surgindo, e a sua glória se verá sobre ti” (Isaías 60.1- 2)
  
É verdade que o mundo vai se escurecendo cada dia, o pecado se multiplicando e o amor esfriando. Aquilo que antigamente era praticado escondido (por vergonha e pudor), agora pode ser visto pela televisão em programas vespertinos. As práticas das quais antes os homens se envergonhavam, agora eles as defendem com orgulho em passeatas carregadas de imundícia, imoralidade e impureza. As trevas cobrem a terra e a escuridão os povos!

 No entanto, isso não significa que não podemos escapar dessa contaminação. Não precisamos agir como quem não tem opção. Podemos ser luz em um mundo escuro, podemos ser sal em um mundo podre, podemos nos tornar mais santos em um mundo que vai se tornando cada dia mais sujo. Nossa esfera de existência é outra. Nós vivemos em Cristo. Nossos padrões são outros, nossos valores e referências brotam da perfeita Palavra de Deus. Nosso destino é outro. Nosso amanhã é a glória.

 Temos que fechar à porta para tudo aquilo que nos contamina e abri-la para tudo aquilo que nos santifica. Deus, Seu Espírito, Sua Palavra. Foi esta a escolha que fizemos um dia e é a escolha que devemos dia a dia renovar: queremos ser de Deus e seguir Sua luz.

 Erramos no passado, provavelmente estamos errando no presente e não há garantias que não erraremos no futuro. Ainda assim, diferente dessa geração perversa que nos cerca, nosso pecado nos aflige e não queremos mais errar. Queremos Deus e a Sua luz, queremos a água da vida e não as poças da imundícia. Queremos a Igreja referendando a luz no mundo e não o mundo contaminando a postura da Igreja. Queremos o mundo imitando a Cristo e não os cristãos imitando os filhos da perdição. Queremos ser embaixadores da luz de Deus nessa Terra, saciar a sede de paz e doar vida eterna em Cristo, a partir de nossas próprias vidas.

 E Deus tem essa luz, essa água, essa vida para nós. A alma aflita com a maldade deste mundo volta-se para o alto e dirige-se para Deus. E Nele encontra tudo o que ama e precisa. E muitos verão Sua luz em nós, verão Sua glória em nós. E poderão escapar também do presente século mal e de suas imundas armadilhas.
 Você tem sido uma benção de Deus nesse mundo? Tem sido diferente? Ou será que não passa de uma sombra que se confunde em meio á multidão sem luz?

 Que Deus nos ajude!

Pr. Reinaldo Ribeiro