TEOLOGIA EM FOCO

segunda-feira, 8 de julho de 2013

A MAÇONARIA E A NOVA ORDEM MUNDIAL


A Maçonaria está conduzindo o mundo para a Religião Mundial predita na profecia bíblica. Analisamos como a organização da Maçonaria promove esse objetivo ecumênico. Você finalmente entenderá como a Maçonaria está organizada e como consegue enganar tão facilmente os homens cristãos.

Resumo da Noticia: “Transcrição do Discurso de Bush”, Fox News, 20/1/2005.

“Avançamos com total confiança no eventual triunfo da liberdade... Quando nossos Fundadores declararam uma nova ordem das épocas... estavam agindo com uma antiga esperança de que isso seria concretizado. A história tem um fluxo e refluxo de justiça, mas a história também tem uma direção visível, definida pela liberdade e pelo Autor da Liberdade”.

O ex-presidente Bush anunciou que está colocando seu segundo governo na mesma direção que os Pais Fundadores originalmente planejavam quando fundaram este país em 4 de Julho de 1776 — apenas 66 dias após o inicio da festa pagã conhecida como Beltane, em 30 de abril.

Que visão era essa? As palavras "NOVUS ORDO SECLORUM" na tarja inferior da pirâmide incompleta no verso da nota de Um Dólar nos diz qual era o objetivo dos Pais Fundadores dos EUA: estabelecer uma “Nova Ordem das Épocas”, também conhecida comumente na literatura ocultista como "Nova Ordem Mundial”.

Qual é o objetivo dessa Nova Ordem Mundial? Reorganizar o mundo em um governo, uma economia e uma religião mundiais, para que o Cristo Maçônico (da Nova Era) possa aparecer. A Bíblia chama esse indivíduo de “Anticristo”.

O Cristo maçônico é, e sempre foi, o objetivo final da Novus Ordo Seclorum (Nova Ordem das Épocas). No entanto, esse Cristo maçônico não é de forma ou aspecto algum, Jesus Cristo retornando pela segunda vez; pelo contrário, esse Cristo maçônico é o Anticristo! Por ser essa a verdade, proeminentes líderes maçônicos do passado se referiram muito positivamente a Lúcifer. Veja:

Lúcifer, o portador da luz! Estranho e misterioso é o nome dado ao Espírito das Trevas! Lúcifer, o Filho da Manhã! É ele quem carrega a Luz, e com seu esplendor intolerável, cega almas fracas, sensuais ou egoístas? Não duvide disso! [Albert Pike, Morals and Dogma of the Ancient and Accepted Scottish Rite of Freemasonry, pg 321, Décimo Nono Grau, Grande Pontífice; ênfase adicionada].

Que revelação! Desde o primeiro grau, da primeira Iniciação, o maçom é estimulado fortemente a "buscar a luz"! O maçom normal diz continuamente que está “buscando a luz” e irá passar sua vida inteira “indo de encontro com a luz”. Quase todo mundo da civilização ocidental irá entender que essa “luz” é a revelação do Deus da Bíblia; de fato, essa declaração é usada continuamente para tentar nos convencer que a Maçonaria é cristã. Aqui, porém, Albert Pike está dizendo que Lúcifer é aquele que porta a luz da Maçonaria! Lúcifer é o portador da Luz da Maçonaria.

O homem de Lúcifer, o Cristo maçônico, será o Anticristo!
“Quando o maçom aprender que a chave para o guerreiro no bloco é a aplicação adequada do dínamo do poder da vida, ele aprendeu o mistério de sua arte. As energias ferventes de Lúcifer estão em suas mãos, e antes que ele possa ir adiante, deve provar suas habilidades de aplicar apropriadamente a energia” [Manly P. Hall, autor maçom, The Lost Keys of Freemasonry, pg 48; ênfase adicionada].

“As atividades da Ordem estão voltadas para a mudança de nossa sociedade, mudar o mundo, trazer uma Nova Ordem Mundial. Essa será uma ordem planejada com liberdade individual fortemente restrita, sem proteção constitucional, sem fronteiras nacionais ou distinção cultural” [America's Secret Establishment: Introduction to the Order of Skull & Bones, pg 31].

“No sistema hegeliano, o conflito é essencial. Além disso, para Hegel, e sistemas baseados em Hegel, o Estado é absoluto. O Estado requer completa obediência do individuo... Então quem ou o que é o Estado? Óbvio, é uma elite autonomeada. É interessante que Fichte, que desenvolveu essas idéias antes de Hegel, era um maçom, quase certamente Illuminati, e certamente promovido pelos Illuminati... Além disso, o principio Illuminati que os fins justificam os meios... e usado pela Ordem... está enraizado em Hegel” [Sutton, pg 34-35].

“Mostraremos que o propósito da Ordem é criar uma nova síntese, uma Nova Ordem Mundial, de acordo com os ensinos de Hegel em que o Estado é absoluto e o individuo pode encontrar liberdade apenas na cega obediência ao Estado” [Sutton, pg 123].

É importante sabermos exatamente que tipo de “liberdade” eles tem em mente para o mundo. Enquanto a maioria das pessoas pensa na “liberdade” como a habilidade de decidir por si próprio o que você vai fazer, a definição maçônica para a palavra significa “completa submissão ao Todo-Poderoso Estado”.

A habilidade da propaganda ocultista reside em poder comunicar uma mensagem aos adeptos ao mesmo tempo em que engana as “massas vulgares” com uma mensagem falsa e uma definição falsa.

Como Anthony Sutton mencionou que o conflito é essencial para fazer a dialética funcionar, temos de parar e perguntar como isso ocorre em escala global. No Seminário 2 “A América Determina o Rumo da História”, demonstramos que os Illuminati deliberadamente criaram o comunismo para ser o sistema oposto perfeito (Antítese) ao sistema Ocidental (a Tese) para que um novo sistema pudesse ser criado, chamado de Síntese.

Veja agora como Sutton descreve a “Síntese”:

“Neste memorando iremos apresentar o conceito que a história mundial, certamente desde 1917, reflete deliberadamente o conflito criado com o objetivo de criar uma nova síntese, a Nova Ordem Mundial” [Sutton, pg 125].

Sutton está certamente falando aqui sobre o fim da Primeira Guerra Mundial e da destruição do sistema zarista em 1917 pelos comunistas. A verdade é que as duas guerras mundiais foram planejadas pelas sociedades maçônicas desde 1870, todas as guerras e inumeráveis conflitos dos séculos 20 e 21 foram deliberadamente iniciadas pelos Illuminati com o propósito de estabelecer o governo, economia e religião globais, necessários para a ascensão do Anticristo.

As duas primeiras guerras mundiais começaram e terminaram exatamente como o plano de 1870 previu; esse plano previa que a Terceira Guerra Mundial virá a passos largos, começará no Oriente Médio, com Israel indo à guerra contra seus inimigos árabes. A menos que você tenha vivido em Marte nos últimos trinta anos, sabe que uma guerra é iminente entre Israel e os palestinos, e com a Síria, Egito e possivelmente, com a Jordânia.

A invasão americana ao Iraque e ao Afeganistão foi primariamente planejada para enfurecer o mundo muçulmano contra qualquer coisa ocidental ou judaica, que essa guerra total no Oriente Médio será inevitável.

“Além das Estrelas”

No entanto, o presidente Bush ainda presidia sua nação, proferiu anteriormente um termo direto do satanismo Iluminista, que também está ligado à sua audaciosa e crescente visão de executar o plano original dos Illuminati para a América.

Resumo da Notícia: “Presidente Agradece aos Militares e Convidados no Concerto da Celebração da Liberdade”, Comunicado da Imprensa da Casa Branca, The Ellipse, Washington, D. C., 19/01/2005.

“Mas eu falarei da liberdade. Essa é a causa que une nossa nação e dá esperança ao mundo e nos levará a um futuro de paz. Temos um chamado além das estrelas para nos posicionarmos em defesa da paz e a América será sempre fiel a essa causa”.

Esse termo, “além das estrelas” certamente não é encontrado na Bíblia, de modo que não é cristão. Além disso, não é usado comumente na cultura americana, então de onde ele vem? Surpresa vem do satanismo Iluminista! Leia atentamente:

“O amuleto que eu segurava em minha mão, e mantenho até hoje, em volta do meu pescoço enquanto escrevo essas palavras, é este: dos três símbolos gravados, o primeiro é a marca de nossa raça de além das estrelas, e é chamado ARRA na língua do Escriba que a ensinou para mim, um emissário dos anciões. Na língua da antiga cidade da Babilônia, era UR. É a marca do Pacto dos deuses antigos, e eles não esquecerão de nós. Eles juraram!” [THE NECRONOMICAN": Referente aos assuntos ocultos, místicos e espirituais].

O primeiro fato que você pode vislumbrar dessa passagem do Necronomican é que esse termo vem da antiga Babilônia, aquela cidade e sistema religioso amaldiçoado por Deus muitas vezes no Velho e no Novo Testamento. No entanto, a Maçonaria em todas as suas formas — incluindo a Caveira & Ossos — presta grande homenagem e reverência a Babilônia e admite muitas e muitas vezes que seus mistérios vêm diretamente dos antigos sistemas pagãos da Babilônia e do Egito.

Os Illuminati claramente vêem que seu plano para estabelecer o Anticristo vem de seres sobrenaturais vindos “além das estrelas”. Os Pais Fundadores maçons tinham essa visão claramente em suas mentes, como revela claramente esta próxima citação:

“A cerimônia de lançamento da pedra fundamental... já era um ritual santificado pela tradição Maçônica, um retorno a uma era em que se acreditava que todas as atividades humanas eram observadas pelos deuses. Na essência, o cerimonial da pedra de esquina era planejada não apenas para ganhar a aprovação de seres espirituais, mas também para assegurar que eles estivessem satisfeitos com a construção sendo realizada no tempo certo. Por essa razão era normal que aqueles que planejavam os rituais de lançamento da pedra fundamental examinassem o dia e horário do ritual de acordo com a astrologia — eles consultavam os deuses... Essa ascensão de Júpiter era de considerável importância para o simbolismo da Independência Americana — Com a terceira fundação na cidade (a primeira foi a cidade de Washington D. C. , a segunda a Casa Branca), certa obscuridade histórica é removida... Os maçons, que apreciavam a necessidade de ligar seus negócios na Terra com os eventos nos céus, o cerimonial no Capitólio foi largamente noticiado nos jornais... o presidente Washington... deu dignidade ao evento com sua presença... O olho radiante representava a presença invisível do Grande Arquiteto — o supremo Ser Espiritual que foi convidado por orações e rituais para supervisionar o cerimonial” [David Ovason, The Secret Architecture Of Our Nations Capitol: The Masons and the Building of Washington, D.C., pg 71-73].

Na época dos Pais Fundadores, nenhuma grande empreitada era realizada sem que um mapa astrológico fosse feito, para assegurar que a tarefa planejada estava “aprovada” pelas “altas criaturas espirituais” que viviam a trabalhavam “além das estrelas”! Os cristãos que conhecem a Bíblia reconhecerão toda essa atividade e as “altas criaturas espirituais” como demoníacas. Os Pais Fundadores maçons estavam literalmente invocando demônios para esta dimensão enquanto construíam a capital Washington, durante um projeto de cem anos que começou logo após a Guerra Revolucionária.

Os Pais Fundadores maçons sempre acreditaram que seu estabelecimento na América foi um projeto feito em cooperação com as “altas criaturas espirituais além das estrelas”. De fato, esse é exatamente o simbolismo do Olho-que-tudo-vê pairando sobre a pirâmide inacabada no verso da nota de um dólar. O deus Hórus (Lúcifer) está pairando sobre a obra inacabada na Terra, que está sendo feita para transformar o mundo para que o Cristo maçônico possa aparecer.

Caso você acredite que estou indo muito longe nessa analise, eu lhe ofereço as seguintes citações. Leia atentamente:

“Em 1934, o Secretário da Agricultura e ex-vice-presidente Henry A. Wallace propôs ao presidente cunhar uma moeda que retratasse a frente e o verso do brasão... A frase em latim, Novus Ordo Seclorum (Nova Ordem das Épocas) significava para ele 'O Novo Acordo das Épocas'... Tanto Wallace como Roosevelt eram maçons e, portanto, reconheciam o olho dentro do triângulo como um emblema da Maçonaria” [Robert Hieronimous, Ph. D., "America's Secret Destiny: Spiritual Vision and the Founding of a Nation", pg 57-58; Nota: Hieronimous é um autor de Nova Era; a ênfase está no original].

Como mencionei anteriormente, a Sociedade Rosa-Cruz e a Maçonaria praticam a mesma antiga religião do gnosticismo — da palavra grega gnosis, ou “conhecimento”. A “iluminação” espiritual tem sido a busca das sociedades secretas desde a aurora da civilização e essas são apenas duas entre muitas outras organizações aparentadas — todas as quais estão trabalhando em prol do mesmo objetivo de eventual domínio mundial, sendo elas a elite governante. A pirâmide com o "olho que tudo vê de Hórus", mostrada no verso da nota de um dólar mostra o ápice da pirâmide suspenso acima de uma base truncada — ainda não colocada. Uma pirâmide é o símbolo final para a estrutura empresarial — a cadeia de comando que vai do ápice à base — e quando a “Nova Ordem Mundial” deles finalmente estiver estabelecida, a visão futurística do “grande irmão”, de George Orwell, finalmente se tornará uma realidade aterrorizadora e a vida para a humanidade nunca mais será a mesma. Somente o próprio Deus sabe o nível em que a Sociedade Rosa-Cruz e a Maçonaria, juntamente com outras sociedades secretas, influenciaram a vida de todos nós. Fomos, somos e, de acordo com a Bíblia, continuaremos a ser manipulados por tantas formas sutis, que “enganação” é um termo inadequado para expressar todo o engano. Francamente, acredito que o termo bíblico “mistério da iniqüidade” (2ª Tessalonicenses 2.7) refira-se ao sistema ocultista e o calendário já vencido para revelar o “Cristo” deles está sendo frustrado e retardado pelo Espírito Santo — apenas para provar quem está sentado no trono! Quando ele quiser, e não antes, eles receberão a permissão para entrar na fase final de apresentar seu falso Cristo — o Anticristo — para um mundo incauto e despreparado.

O cristianismo genuíno é o maior obstáculo humano possível para aqueles que querem trazer um falso Cristo à cena mundial. O Espírito Santo habita nos crentes, os cristãos maduros conhecem bem a Bíblia e estão cientes das profecias específicas a respeito do aparecimento do homem do pecado, o filho da perdição. E isso, mais do que toda a outra lógica, fala claramente a respeito de um arrebatamento pré-tribulacional da Igreja para remover as sentinelas! Quanto ao “sal da terra” (Mateus 5.13), que inibe a putrefação espiritual — somos os verdadeiramente “iluminados” ao observarmos os eventos mundiais se desdobrarem, buscando os sinais das tribulações que estão por vir. O Anticristo aparecer diante de nós sem que o alarme seja soado é algo altamente improvável e nossa ausência parece ser indicada pelo grau do engano bem sucedido que encontramos nas palavras do Senhor em Mateus 24. Entretanto, os falsos cristãos (o joio no meio do trigo) morderão a isca, com o anzol e a linha, bem como o resto do mundo! Estamos convencidos que o lado das trevas está ansioso e preparado, aguardando com expectativa que Deus remova seus “atalaias posicionados na muralha” para que eles possam então entrar na fase final em sua busca pela imortalidade por meio de Lúcifer, o “portador da luz”.

Satanás vendeu às religiões do mundo a noção totalmente sem base nas Escrituras que o homem é inerentemente bom e que, por pior que seja, ainda possui uma “centelha de divindade” dentro dele que pode ser transformada em uma chama por meio do esforço pessoal. A salvação é assim obtida por meio das boas obras e marque bem — isso é heresia, e em todas as suas muitas formas, é o fio comum encontrado em todo sistema falso de crenças na face da terra. O cristianismo, como apresentado na Bíblia — crentes genuínos lavados no sangue de Jesus Cristo, salvos pela graça de Deus — procura dizer a todos quantos queiram ouvir que somente Jesus Cristo salva e não temos nada que ver com isso. A graça é favor imerecido de Deus — receber a salvação sem merecê-la. É por isso que o Senhor disse em João 14.6: “Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim”.

O cristianismo bíblico é o sistema de crença mais exclusivo que já foi revelado ao homem! Ou é o caminho estreito do Senhor, ou o caminho largo, por assim dizer. Ou você vem a ele por meio do novo nascimento, ou não vem absolutamente — é simples assim e todas as suas boas qualidades e boas intenções combinadas não lhe garantirão nada.

O dogma básico da Maçonaria é “A paternidade universal de Deus e a irmandade dos homens” e seu slogan mais ou menos oficial é “tornamos os homens bons melhores”. A mentira monumental número um é que Deus é o Pai espiritual da humanidade. Sim, ele nos criou, mas o pecado de Adão alienou e destruiu totalmente o relacionamento espiritual Pai-filho e somente Deus pode restaurar esse relacionamento, se quiser fazer isso. Todos os homens são irmãos na carne, mas essa não é uma coisa boa! Vimos a este mundo como criaturas caídas e depravadas — mortos em ofensas e pecados (Efésios 2.1), escravos de Satanás (Efésios 2.2), incapazes de compreender as coisas espirituais (1ª Coríntios 2.14), e se formos deixados por nossa própria conta, nunca buscaremos a Deus (Romanos 3.11). Isso nos leva à mentira monumental número dois — tornar homens bons melhores. Mateus 19.17 e Romanos 3.12 dizem claramente que há somente um que é bom, e este é Deus. Um homem bom aos olhos de Deus é uma contradição em termos, sendo a única exceção o próprio Jesus Cristo — o Deus-homem, 100% Deus e 100% homem ao mesmo tempo! A mentira monumental número três é o conceito ridículo que uma pessoa pode merecer a salvação por seus próprios esforços. Deus, por sua própria natureza, é a Perfeição Personificada e não pode tolerar o mal. Para que alguém possa se suster em sua presença, precisa ser perfeito e desafio a qualquer maçom (ou qualquer outra pessoa) a me olhar direto nos olhos e dizer que a perfeição espiritual é obtida por meio de sua loja ou dos esforços pessoais. O único modo de qualquer mortal chegar aos céus é por meio de Jesus Cristo e da sua justiça que nos é imputada. Se ele escolher nos salvar (a escolha é dele e não nossa!), imputará sua perfeição e sua justiça na nossa “conta” espiritual e Deus nos aceitará como seus filhos, com base unicamente naquilo que Cristo fez em nosso favor. Este é o resumo, pessoal! EXCLUSIVO!!! E totalmente além das boas intenções do homem.

A religião da Maçonaria, como indicado anteriormente, é gnosticismo — a exaltação do conhecimento, ou “iluminação” — em que Jesus Cristo é tornado subordinado ao verdadeiro Deus e recebe um lugar secundário entre diversos outros seres, anjos, etc., como somente um membro da ponte entre Deus e os homens. Portanto, a obra redentora de Cristo na cruz é depreciada e não é considerada completa. No sistema de crença maçônico, Jesus é um grande profeta, um “mestre Ascenso”, mas ainda um homem comum — de forma muito similar como é visto pelo islã e apresentamos a você que ambas as visões têm uma origem comum! É por isso que “Deus” é constantemente invocado em seus escritos, mas o precioso nome de Jesus Cristo raramente, ou nunca é mencionado em uma “loja regularmente constituída”! Se você for um filho de Deus, nascido de novo e está em jugo desigual (2ª Co 6.14) com “irmãos” maçons, essas coisas devem alertá-lo para o erro e levá-lo a se desligar como membro, para nunca mais voltar! Se, por outro lado, você não se considera um cristão, nós o incentivamos a buscar o perdão e a salvação de Deus — mas o enfoque deste artigo não é basicamente dirigido a você.

O apóstolo Paulo freqüentemente encontrou o gnosticismo ao pregar e fundar igrejas em suas viagens missionárias. Em sua carta aos crentes em Colossos, que escreveu enquanto estava preso em Roma, ele tratou da filosofia e lhe deu um golpe esmagador. Em Colossenses 1.19 e 2.9, repetindo por uma questão de ênfase, ele diz que a plenitude (a palavra grega pleroma — era exatamente o mesmo termo que os gnósticos usavam para se referir às hostes de seres intermediários entre Deus e o homem) da divindade habita corporalmente em Jesus Cristo! Em outras palavras, Jesus Cristo é o próprio Deus — não apenas um bom homem ou um grande profeta. A deidade absoluta de Cristo é central no cristianismo ensinado na Bíblia e qualquer coisa menor do que isso é pura heresia. Da minha parte, não consigo compreender como um cristão regenerado possa professar salvação em Cristo por um lado e ao mesmo tempo colocar-se em jugo desigual com “irmãos” infiéis que negam a divindade de Cristo! Sim, o mistério da iniqüidade está operando intensamente e ganhando terreno a cada dia. Milhares de maçons ocupam cargos preeminentes no governo, nas empresas e até nas nossas igrejas. Muitos, se não a maioria, são indivíduos decentes — mas a filosofia gnóstica da fraternidade é puro veneno e planeja a destruição final de tudo o que amamos no nosso país!

Esta é uma guerra espiritual e que está sendo travada por meio das orações intercessórias do povo de Deus, acoplada com uma caminhada constante com Jesus Cristo. O Espírito Santo ainda está em controle completo da situação e já nos informou nas Escrituras que as forças do mal terão um triunfo temporário. Os esforços dos sites The Cutting Edge/A Espada do Espírito estão totalmente dedicados à proclamação da mensagem das boas novas do evangelho de Jesus Cristo para todos os que queiram ouvir e manter os santos informados a respeito da hora avançada em que estamos. O Senhor nos diz em Apocalipse 22.20 que está vindo sem demora — e o desejo do nosso coração é ecoado pelas palavras finais do apóstolo João: “Ora vem, Senhor Jesus”.

Se você recebeu Jesus Cristo como seu Salvador pessoal, mas vive uma vida espiritual morna, precisa pedir perdão e renovar seus compromissos. Ele o perdoará imediatamente e encherá seu coração com a alegria do Espírito Santo de Deus. Em seguida, você precisa iniciar uma vida diária de comunhão, com oração e estudo da Bíblia.

Se você nunca colocou sua confiança em Jesus Cristo como Salvador, mas entendeu que ele é real e que o fim dos tempos está próximo, e quer receber o Dom Gratuito da Vida Eterna, pode fazer isso agora, na privacidade do seu lar. Após confiar em Jesus Cristo como seu Salvador, você nasce de novo espiritualmente e passa a ter a certeza da vida eterna nos céus, como se já estivesse lá. Assim, pode ter a certeza de que o Reino do Anticristo não o tocará espiritualmente.

Pr. Elias Ribas

FONTE DE PESQUISA


1.      BÍBLIA EXPLICADA, S.E.McNair, 4ª Edição, CPAD, Rio de Janeiro RJ.
2.      BÍBLIA PENTECOSTAL, Traduzida por João Ferreira de Almeida. Revista e Corrigida, Edição 1995, CPAD, Rio de Janeiro RJ.
3.      BÍBLIA SHEDD, Traduzida por João Ferreira de Almeida. Revista e Atualizada no Brasil – 2ª Edição, Sociedade Bíblica do Brasil, Barueri, SP.
4.      BÍBLIA DE ESTUDO PLENITUDE, Traduzida por João Ferreira de Almeida. Revista e Corrigida, 1995, Sociedade Bíblica do Brasil, Barueri, SP.
5.      CLAUDIONOR CORRÊA DE ANDRADE, Dicionário Teológico, p. 286, 8ª Edição, Ed. CPAD, Rio de janeiro, RJ.
6.      CLEMAR GONÇALVES, maçonaria: Duas organizações, uma visível, outra invisível, http://www.espada.eti.br/free001a.asp - acesso dia 25/02/2009.
8.     DAVID BAY, Tradução: JEREMIAS R D P DOS SANTOS, Provamos Conclusivamente Que a Maçonaria Adora a Lúcifer http://www.jesussite.com.br/acervo.asp?id=186 – acesso dia 06/03/2009.
9.      DELVACYR BASTOS, seitas e heresias, Escola Teológica Filadélfia, Cascavel PR, Email - prdelvacyr@hotmail.com.
10.  EDUARDO PEREZ NETO, a maçonaria, a Espada do Espírito, sites http://www.espada.eti.br/n2001.asp, - http://www.espada.eti.br/n1243.asp acesso 09/12/2008
11.   EDUARDO PEREZ NETO, a herança maçônica dos EUA, http://www.espada.eti.br/n1986.asp, acesso dia 12/12/2008.
12.  EDUARDO PEREZ NETO, Religião Mundial Já Está Quase Formada - A Organização da Maçonaria Está Preparando o Caminho! http://www.espada.eti.br/n1243.asp - acesso dia 25/02/2009.
13.  EDUARDO PEREZ NETO, O Impacto da Maçonaria na Igreja, http://www.espada.eti.br/efesios5-11.asp - acesso dia 06/03/2009.
14.  FRANCISCO DA SILVEIRA BUENO, Dicionário Escolar da Língua Portuguesa, 11 ª Edição, FAE, Rio de Janeiro RJ.
15.  GILMAR SANTOS. Teologia Sistemática. Faculdade de Teologia de Goiânia.
16.  ELVIS BRASSAROTO ALEIXO, Cuidado, a serpente ainda fala: www.icp.com.br/40materia2.asp, acesso dia 05/01/2009.
17.  JEREMIAS R D P DOS SANTOS, Provamos Conclusivamente Que a Maçonaria Adora a Lúcifer, publicado em 2/11/2002, http://www.espada.eti.br/
18.  JOSÉ ELIAS CROCE, Lições bíblicas, 1º trimestre 2000, Ed. Betel.
19.  JOSÉ FERRAZ, Apostila sobre a Nova Era, apostila extraída da internet.
20.  JOHN LANDERS, Religiões mundiais, Juerp, Rio de Janeiro, 3ª Edição, 1994.
21.  MAC DOMINICK, A Maçonaria Realmente é Uma Religião, http://www.espada.eti.br/n1144.asp - acesso 24/02/2009.
22.  PAULO CÉSAR SEMBLANO DA COSTA, Pelo Lado de Fora É uma Igreja Evangélica — Por Dentro Está Adornada com Chocantes Símbolos Ocultistas, http://www.espada.eti.br/n2174.asp - acesso dia 11/03/2009.
23.  RAIMUNDO OLIVEIRA, Heresiologia – 2ª Edição – EETAD, São Paulo SP.
24.  RAIMUNDO OLIVEIRA, Lições Bíblicas, 1º Trimestre de 1986, Ed. CPAD, Rio de Janeiro, RJ.
25.  RAPHAEL S LINHARES, Maçonaria, “A Nova Ordem das Épocas” - A Nova Ordem Mundial: http://www.espada.eti.br/n2001.asp - acesso dia 26/02/2009.
26.  RELIGIÕES E SEITAS. IBADEP. 1ª Edição, 2003, Site, www.ibadep.com
27.  RELIGIÕES MUNDIAIS, Seminário Teológico AMID, Cascavel, PR - e-mail: se.amid@hotmail.com
28.  RON RIFFE, maçonaria, a Espada do Espírito, http://www.espada.eti.br/n2001.asp, acesso 09/12/2008.
29.  SIMBOLOS MAÇÔNICOS, http://intellectus-site.com/site2/images/MasonicStructure.gif ACESSO DIA 21/05/2009.
30.  SEITE – INTELLECTUS, A maçonaria, braço direito do diabo, http://intellectus-site.com/site2/artigos/maconaria-braco-direito-do-diabo.htm acesso dia 24/03/2009.
31.  SEITAS E HERESIAS, Escola de educação teológica Elohim, São Paulo, SP.
33.  SEITAS E HERESIAS, SEAMID, Cascavel – PR, se.amid@hotmail.com
34.  SMEETON, DONAL D., História da Igreja, Ed. Global University, 1ª Edição no Brasil 2003. FAETAD, Campinas SP.

35.  HISTÓRIA DA TORRE DE BABEL, www.historiadomundo.com.br/babilonia/torre-babel/ - acesso dia 19/05/2009.